PÍLULAS DE REFLEXÃO 002 – Que Luz?

 

Saudações lúdicas e brincantes, eu sou Shauan Bencks e esta é sua Pílula de Reflexão semanal.

Um pequeno áudio com dicas sobre educação, movimento, brincadeiras musicais, ludicidade e desenvolvimento humano.

Recentemente participei de um evento de lançamento de livro. No palco estava o autor do livro e uma outra pessoa, o entrevistando.

A luz do palco que estava direcionada para o rosto dos dois, era bastante forte, e não estava boa, nem para o público, pois ofuscava demais os palestrantes, e nem para o autor do livro e o entrevistador.

Os palestrantes pediram para que aquele foco de luz fosse desligado, pois havia outras luzes no espaço, não iriam ficar no escuro.

E eu acompanhei de perto um dos organizadores pedindo para o técnico de luz para que ele apagasse ou mudasse alguma coisa naquela coisa.

Como eu estava perto desta conversa, pude também acompanhar o técnico de luz, tentando explicar o inexplicável ao organizador do evento. Ele dizia que, se apagasse a luz o evento iria perder o Glamour.

Perder o Glamour?
Como assim?

Papo vem, papo vai, papo foi, os palestrantes seguiam incomodados, mas o organizador conseguiu que a luz fosse apagada, deixando os palestrantes confortáveis, ainda bem.

Mas eu fiquei com aquilo na cabeça.

Como assim perder o Glamour?
As estrelas da palestra queriam passar seus recados para o público e estavam incomodados, só isso já é motivo para não haver discussão, certo?

O evento merece sim todo Glamour, era um evento bonito e altamente significativo para quem estava presente, mas puxa vida, pessoas estavam incomodadas com aquela luz.

Precisamos de Glamour, mas precisamos de profundidade, carinho, bem-estar, leveza, sensibilidade, amor, este é o Glamour.. Se a luz do palco contribuir para tudo isso, estará tudo bem e perfeito, mas caso contrário, que seja apagada.

E eu fiquei dias pensando sobre isso, e ainda penso.

Que luz eu, como educador, estou lançando em meus alunos, nas famílias que atendo direta ou indiretamente em minhas ações como educador?
Estou lançando uma luz que projeta o meu ego, minhas vontades, que talvez estejam se sobrepondo ao que as crianças precisam, ou realmente estou adequando meus planos de aula, meus projetos, na direção de uma relação horizontal com os pequenos, ouvindo também o que eles têm a dizer e propor para as nossas atividades?

Ouvir as crianças, auscultar as crianças, nada têm a ver com não ter planejamento e sim com um tipo de olhar ampliado, emancipador para todos os envolvidos.

Que tal pensarmos sobre isso?

E para terminar esta Pílula de hoje, segue um vídeo que gravei no final de 2016, com a canção PIPAS, que foi construída em conjunto com as crianças, a partir de uma reflexão profunda com os pequenos, em um daqueles momento mágicos que as crianças nos presenteiam.

O link está no roteiro do programa.

Obrigado pelo carinho de todos os ouvintes, recebemos mensagens lindas sobre a primeira pílula que enviamos… gratidão amigos.. vamos seguindo juntos..

E pra semana que vem.. um texto lindo de Aline Meneses, uma reflexão imperdíviel… aguardem..

Apoio:
Clique para acessar

 

 

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*